Dois novos “Melhores Cafés” são lançados pela Cocatrel

Os cafés dos produtores Francis Figueiredo Oliveira e Pedro Luiz Damasceno foram lançados e degustados em evento que marcou o lançamento dos “Melhores Cafés”



Alguns são mais ácidos, outros mais achocolatados, outros mais doces, mas todos os cafés premiados pela Cocatrel são extremamente saborosos e possuem diferenciais que chamam atenção. Na tarde de terça-feira, 12 de janeiro, seguindo com o projeto de lançamento de dois “Melhores Cafés” por mês, foi a vez de Francis Figueiredo Oliveira, da Fazenda Santa Margarida, em Três Pontas, e do Pedro Luiz Damasceno, do Sítio Três Irmãos, em Ilicínea, terem seus cafés promovidos pela cooperativa.


“Estou muito feliz pela oportunidade de reconhecer o trabalho dessas pessoas. Estamos aqui vendendo não somente café, mas também emoção, dedicação, trabalho, vida, história. A Cocatrel está aqui para isto: fazer a conexão entre o produtor, através de seu produto, com os compradores nacionais e internacionais e, com os consumidores finais”, disse o presidente da Cocatrel, Marco Valério Araújo Brito.


A Cocatrel separou algumas sacas dos grãos premiados e vai comercializar, na cafeteria e também na loja online, os 12 melhores cafés premiados, sendo lançados dois a cada mês. Cada embalagem tem um um código específico, que leva à rastreabilidade dos cafés. “Todos nós sabemos que o trabalho de produção de cafés especiais é complexo, sabemos que os trâmites dentro da Cooperativa também são cercados de atenção, mas o consumidor final muitas vezes não conhece todo o percurso. A rastreabilidade é a garantia da transparência, é uma forma límpida de passar toda a informação daquele café para o consumidor”, explica.



Pedro Luiz Damasceno, disse que recebeu a notícia do prêmio com muita alegria. “Esse projeto mostra a nossa luta do dia a dia, valoriza o nosso trabalho e permite à pessoa ver todo o processo, tomar o café e ver que ele é bom. Esse prêmio, o nosso primeiro, vem do trabalho de parceria com os filhos, agrônomos, com a Cocatrel que dá todo suporte e é onde a gente é muito bem atendido. Sou apaixonado pelo que faço desde quando eu mexia na lavoura, desde que comecei a trabalhar com meu pai, desde a base, então, procuro fazer o melhor. Eu sabia que nosso café esse ano teria qualidade, mas, sinceramente, não esperava tanto; 2019 foi um sucesso e 2020 será melhor ainda. Eu já trabalho muito e vou trabalhar ainda mais e nós vamos fazer melhor a cada ano”. (Pedro Luiz Damasceno)



Francis não é mais um novato na premiação. Ele recebeu o prêmio pela terceira vez e mostra um trabalho consistente e planejado. “Esse prêmio é fruto de muito trabalho, dedicação, organização; fruto de ações que vêm de família, da vó Doti, que lidou muito com o café, e fruto de uma equipe sem a qual não seria possível realizar um trabalho tão bom. Receber o Prêmio Cocatrel é para nós uma grande satisfação. A cooperativa, por meio do Cocatrel Direct Trade, nos orienta e exporta o produto, dando credibilidade e mostrando ao mundo a excelência do nosso café. Além disso, ter os cafés disponíveis na Cafeteria e Loja On-line permite que mais pessoas conheçam esses cafés especiais, despertem para novos gostos, novos sabores e aprendam a tomar um bom café. Acreditamos que esse projeto é importante para os produtores, para a comunidade e para o município. As inovações do QR-Code são fantásticas, já que mostram cada etapa, a história de cada produtor e de cada café, nos conectando com consumidor. A Cocatrel tem promovido o vínculo com o produtor e isso aumenta as oportunidades e nos faz querer melhorar sempre”.





Fonte: Arlene Brito – Sintonize Aqui

Copyright (c) 2018 COCATREL. Todos os direitos Reservados